Aventureiros Com Imaginação | 04Mar2013 12:42:32

Publicado por: AJ Cardiais

aventureiros_com_emo__o.jpg

 

 “É como eu disse antes, poetas e escritores são aventureiros com imaginação. Monges, intelectuais e cientistas não pertencem a essa classe de pessoas”. Trecho da entrevista de Lucas Leminski a Elenilson Nascimento (¹), para o blog Poemas de Mil Compassos.  

Reparando bem, a palavra INTELECTUAL demonstra uma certa “formalidade” e um pouco de “austeridade”. Impossível imaginar um intelectual sem a “pose do conhecimento”, sem sua vestimenta impecável. E a maioria dos poetas e escritores não se “enquadra” neste perfil. Vocês já imaginaram um intelectual, com toda sua “pose”, participando de um churrasco, movido a pagode e cerveja? Ou então em um Mercado Popular, conversando animadamente com amigos pescadores, barraqueiros e etc? Pois é, não combina né? Pode até ter algum que faça isso, mas a “formalidade” e a posição “impõem” um certo respeito, um certo “distanciamento” das pessoas “comuns”. Este é um dos motivos que me faz admirar Jorge Amado e João Ubaldo Ribeiro: São endeusados, mas nunca sofreram a influência do “endeusamento”. Em suas listas de amigos sempre constam nomes de pescadores, barraqueiros, capoeiristas, “biriteiros”... João Ubaldo chegou a declarar em uma entrevista, que detesta “papo intelectual”. Por aí já devemos sentir que esse papo não deve ser nada descontraído. Deve ser aquela coisa formal: troca ou exibições de conhecimentos.

Sinceramente, as poucas vezes que fui “enquadrado” como intelectual, não fiquei muito à vontade... Não tenho nada de intelectual. Eu vejo o intelectual como uma pessoa disciplinada, que leva o conhecimento com uma obrigação. O conhecimento para ele é como uma arma e uma vacina contra os possíveis ataques dos exibicionistas. Já eu só procuro ler o que me interessa. O que, de alguma forma, me fará bem. Não me preocupo em dizer que não li um “Best seller” qualquer ou algum dos grandes filósofos. Coisa que, para um intelectual, deve ser o fim da picada.

E para finalizar este texto puxando uma brasinha para minha sardinha, uma vez recebi um elogio, mais ou menos parecido com o que Lucky Leminski falou, na comunidade Poetas Teimosos.  A poeta Marilda Amaral, disse o seguinte: “Tens um poema no estilo explorador, um bandeirante das letras... Gosto de ver teu espírito aventureiro
em temas tão diversos.”  Depois disso, só me resta agradecer: Obrigado Marilda.

 

(¹) Elenilson Nascimento é: Professor, jornalista, poeta, compositor, agitador cultural e blogueiro.

 

AJ Cardiais

imagem: reprodução


Partilhar:

Artigos Relacionados
Comentários
Não existem comentários

Para poder comentar necessita de iniciar sessào.

Regista-te

Regista-te e participa neste projecto Basta inserir o email e começares a tua participação. Boas navegações pela Lusofonia


Email:
Painel controlo
  • Email:
  • Palavra-passe:
  • Lembrar dados
  • Ir administraçào


Site Oficial

logo_mil.jpg

Membros Klub
Jornal
Sondagens
O que pesou mais na sua adesão ao MIL?
A concordância com a nossa Declaração de Princípios e Objectivos.
O mau estado da Lusofonia
Outras razões
Mil...

nova-aguia

lusopoemas

as-artes

fausto

agostinhodasilva

che

poesia

magalhaes

gov

avkd
...e Um

poemas

koisas

afmach

raspinja

flavio

rodinha26

teoriadoscalhaus
Galeria







Procura
©2017, BlogTok.com | Plataforma xSite. Tecnologia Nacional